quarta-feira, agosto 10, 2005

Abela Kafuka

O Kafuka Cineclube da Praia em parceria com o Ministério da Educação e Valorização dos Recursos Humanos,através da delegação da Praia e da Direcção do Pólo Educativo XXI- Terra Branca, irá projectar uma série de filmes, na escola Abela em Terra Branca, todas as quintas-feiras do mês de Agosto, às 15h,com início dia 11.
Este projecto enquadra-se no campo de férias que irá decorrer nesse bairro, visando proporcionar o preenchimento pedagógico e saudável dos tempos livres, de crianças dos bairros da Bela Vista e Terra Branca, entre os 6 e 16 anos.
O projecto conta ainda com vários parceiros como o Icase, a Fundação Infância Feliz, o Centro Cultural Português, a Biblioteca Nacional, a Cruz Vermelha e a Delegacia da Praia, Sita, CMP, e várias empresas nacionais e casas comerciais.
Para dia 11, está previsto a projecção de Monsters, Inc, de Peter Docter(EUA - 2001– 92 mn).

segunda-feira, julho 04, 2005

INDEPENDANCE DAY

5 de Julho (Terça-feira)
19: 30 - O Couraçado de Potemkine
de Sergei Eisenstein
U.R.S.S.- 1925 - 77 mn

10 de Julho (Domingo)
15:30 - Shreck
de Andrew Adamson e Vicky Jenson
EUA - 2001- 93 mn

19:30 - Central do Brasil
de Walter Salles
Brasil - 1998 - 110 mn

12 de Julho (Terça-feira)
19:30 - Outubro
de Sergei Eisenstein
U.R.S.S. - 1927 - 104 mn

17 de Julho (Domingo)
19:30 - Abril Despedaçado
de Walter Salles
Brasil - 2001 - 105 mn

19 de Julho(Terça-feira)
19:30 - Alexandre Nevsky
de Sergei Eisenstein
U.R.S.S. - 1938 - 112 mn

24 de Julho(Domingo)
15:30 - Shrek 2
de Andrew Adamson e Kelly Asbury
EUA - 2004 - 92 mn

19:30 - Os Diários de Ché
de Walter Salles
Brasil - 2004 - 128 mn

26 de Julho(Terça-feira)
19:30 - Ivan o Terrível
de Sergei Eisenstein
EUA - 1945 - 95 mn

31 de Julho(Domingo)
19:30 - Bicho de sete cabeças
de Laís Bodanzky
Brasil - 2001 - 90 mn

*Entrada gratuita
Programa sujeito a alterações

quarta-feira, junho 15, 2005

Classic Kafuka

O Centro Cultural Português, o Instituto Camões e Kafuka Cineclube da Praia organizam nos dias 16, 23 e 30 de Junho, às 18: 45, no auditório do CCP/ICA, um ciclo de concertos de música clássica, com a colaboração de Tó Pereira.
Programa do dia 16 de Junho:
António Pedro ( guitarra), que executará composições de Bach, Heitor Vila - Lobos e John Dowland,
Dimas de Sousa Filho ( violino/ violoncelo), composições de Robert Lowry, Bach Haendel e P.Mascagni e Tó Tavares, que interpretará composições da sua autoria.

segunda-feira, junho 13, 2005

Que Cineclube? Que Kafuka?

Em torno de questões recentemente levantadas no âmbito das comemorações do X X X aniversário da Independência de Cabo Verde, no domínio do audiovisual, e do papel que o Kafuka poderá desenvolver em todo esse processo, o Kafuka Cineclube da Praia pretende auscultar os associados e amigos, no sentido de responderem à seguinte questão: Que Cineclube para a Praia? ( responder como comment, no forum ou enviando um email para kafuka.cineclube@gmail.com)

Kafuka - Uma Infância Feliz

No âmbito das Comemorações de Junho, mês da Criança, a Fundação Infância Feliz associa-se ao Kafuka, Cineclube da Praia esperando, portanto, conciliar a cultura, a experiência do dia-a-dia e a vontade de contribuir na construção do futuro de todos vem retomar o Ciclo de Cinema/ Debate (“E porque não... ver, ouvir, pensar e falar?!” – “Pamodi qui no ca ta odja, obi, pensa e papia?!”). Esta iniciativa consistirá, resumidamente, na projecção de um filme e num posterior debate/ conversa informal, sempre com um filme, temática, moderador e oradores diferentes, durante todo o mês de Junho, com a seguinte programação, em que o (a) convidamos, desde já a participar.

1 de Junho – Gravidez adolescente não planeada
. Filme A Passagem da Noite (auditório do Palácio da Cultura), 17:30
. Debate/ conversa informal (pátio do Palácio da Cultura Ildo Lobo), 19:00, com moderação de Cláudia Rodrigues e participações de Maritza Rosabal, Fernanda Marques e Maria Luisa Teixeira

11 De Junho – O papel do professor na Infância
. Filme Être et avoir (auditório do Palácio da Cultura Ildo Lobo) 15:00
. Debate/ conversa informal (pátio do Palácio da Cultura Ildo Lobo), 17:00, com moderação de Samira Borges e participações de António Carlos Silva (Tober), Adélcia Veiga e Tó Tavares

18 De Junho –
O papel do pai na Infância
. filme Adeus, Pai! (auditório do Palácio da Cultura Ildo Lobo) 15:00
. debate/ conversa informal (pátio do Palácio da Cultura Ildo Lobo), 17:00, com moderação de Nélida Rodrigues e participações de Amilcar Monteiro, Belmiro Ramos e Manuel Brito Semedo

25 De Junho – O papel dos avós na Infância
. Filme Yi Yi (auditório do Palácio da Cultura Ildo Lobo) 15:00
. Debate / conversa informal (Pátio do Palácio da Cultura Ildo Lobo) com moderação de Liliana Cardoso e participações de Carlos Reis, Lilica Boal e Fernanda Cruz

·Programa sujeito a alterações




Kafuka Ambiental

Os primeiros frutos da Parceria Kafuka e Direcção Geral do Ambiente

O Kafuka CineClube juntou-se à Equipa Municipal de S.Miguel, no dia 10 de Junho, naquela localidade, para uma palestra sobre o Ambiente, com recurso ao visionamento do filme em DVD “O Dia Depois de Amanhã” de Roland Emmerich, que aborda, num futuro não muito longínquo, a derrocada catastrófica dos glaciares provocados pelo aquecimento global do planeta. No evento estiveram presentes, um representante da Direcção Geral do Ambiente, Adilson Sousa, e pelo Kakuka CineClube, Mário Almeida. “O objectivo é sensibilizar, informar e dar formação às famílias, às diferentes individualidades públicas alertando para um futuro que pode não estar longe de se tornar realidade: as catástrofes naturais devido ao aquecimento global” assegura Adilson Sousa, palestrante. ”Devemos entender que pequenos actos podem ter repercussões a nível do ecosssistema global.”. Esta palestra é uma das inúmeras actividades que se vem desencadeando nos períodos de 22/05 a 22/06 para comemorar o Dia mundial da Biodiversidade (22 de Maio), o Dia Mundial do Ambiente (05 de Junho), o Dia de Luta Contra a Desertificação (17 de Junho) e a qual se aliou Kafuka. Estas acções fazem parte do Plano Ambiental, PANA II, numa estratégia que passa por uma ligação estreita com os Municípios, a descentralização e criação de equipas para trabalhar com a população a nível ambiental.

quarta-feira, junho 08, 2005

Descubra o Regulamento Interno!

Caros Kafukenses
o Regulamento Interno publicado no blog encontra - se sujeito`a vossa apreciacão, pelo que podem enviar sugestões, alteracões e demais propostas até 30 de Junho ( como comment) para posterior aprovação em Assembleia.
Qualquer dúvida, contactar através do email: kafuka.cineclube@gmail.com

segunda-feira, junho 06, 2005

JÚNIOR JUNHO

7 de Junho (Terça Feira)

19:30 – Stalker

de Andrei Tarkovsky

U.R.S.S. - 1979-163 mn

12 de Junho (Domingo)

15:30 – O Gang Dos Tubarões

de Bibo Bergeron e Vicky Jenson

E.U.A - 2004 - 90 mn

19:30- Os Normais

de José Luís Alverenga

Brasil - 2003 - 88 mn

14 de Junho (Terça Feira)

19:30 – A Infância de Ivan

de Andrei Tarkovsky

U.R.S.S - 1962 - 95 mn

19 de Junho (Domingo)

15:30 – Toy Story

de Bibo Bergeron e Vicky Jenson

E.U.A. – 2004 – 90 mn

19:30 – Fahrenheit 9/11

de Michael Moore

E.U.A. – 2004 – 122 mn

21 de Junho (Terça Feira)

19:30 - Nostalgia

de Andrei Tarkovsky

U.R.S.S./Itália– 1983– 125 mn

26 de Junho (Domingo)

15:30 – Toy Story

de John Lasseter

E.U.A. – 1999 – 92 mn

19:30 - O Auto Da Compadecida

de Guel Arraes

Brasil– 2000– 104 mn

28 de Junho(Terça Feira)

19:30 – André Rubliov

de Andrei Tarkovsky

U.R.S.S.– 1969 – 205 mn

3 de Julho (Domingo)

19:30 – Monsters, Inc

de Peter Docter

EUA - 2001– 92 mn

19:30 – Um Casamento Debaixo de Chuva

de Mira Nair

India – 2001 – 114 mn

* Programa Sujeito a Alterações

No Palácio da Cultura Ildo Lobo

segunda-feira, maio 30, 2005

Kafuka ? O porquê do nome !

KAFUKA, “Tocha feita de uma garrafa com combustível e uma mecha
in, Quint-Abril. Nicolas, Dicionário Caboverdiano- Português (variante Santiago), Ed. Verbalis

“Mi sin stiver kun kafuka na mô nta odja kusa más klaru, kusa kin ka tem possibilidadi di odja na sukuru. Ê sima ora kin bai pa sinema kun idea i npodi sai di la kun otu perspetiva, tu luz, otu vison, otu leitura sobri kel mesmu factu, akonticimentu ou storia i inda kusa, ditalhi ou purmenor kin ka tinha pensadu ne''.
''Kafuka ku sinema ê sima kê djondjodu na kumpanheru, tudu dôs ta mostra um rialidadi más palpável''.

Bruno Pina